ENDEREÇO

Rua Marechal Deodoro, 500 | Sala 21

Centro |  Curitiba, PR | 80010-010

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Grey Instagram Icon

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

Segunda-Sexta 8h às 21h

Sábado 8h às 12h

CONTATO

contato@excellenplus.com

Tel: (41) 3044-5055 | WhatsApp (41) 9 8462-6802

© 2019 Todos os direitos reservados Excellen+ Idiomas.

Espanhol

DO INICIANTE AO INTERMEDIÁRIO

 

O Método Callan Español é composto de 6 níveis, do iniciantes até intermediário. Você irá falar do começo ao fim da aula e irá praticar vocabulários e gramática de maneira rápida, dinâmica e sendo corrigido pelo professor a cada erro cometido. Assim você irá conquistar fluência no espanhol em pouco tempo e irá destravar na hora de falar

 

 

INTRODUÇÃO GERAL AOS ESTUDOS:

 

Durante todos os estágios do Método Callan Español, o aluno aprende o idioma falado. Isto quer dizer que você aprenderá a usar contrações e a falar com velocidade normal de um falante nativo.

Também ampliamos seu vocabulário a cada aula. 

 

O objetivo do Método Callan Español é ensinar em uma linguagem que possa ser usada imediatamente no seu dia a dia. Começamos com as palavras que são mais utilizadas. Por isso, mesmo depois de poucas aulas, você já notará que o seu entendimento e uso do espanhol melhoraram.

INICIANTE

É para estudantes que são novos para no espanhol ou aqueles que estão em um nível baixo de A1 de acordo com o CEFR (Common European Framework of Reference).

 

 

No Estágio 1, os alunos aprendem os verbos “ser” e “estar”, substantivos e adjetivos masculinos e femininos, pronomes subjetivos (“yo”, “tú”, “él”, etc.), o tempo presente de -AR regular, - Os verbos -IR e -ER, assim como muitos vocabulários essenciais para aqueles que estão dando seus primeiros passos em um novo idioma.

BÁSICO

Após o estágio 1 do Callan Español, o estágio 2 ensina aos alunos a estrutura “estar + gerundio” (por exemplo, “Estoy comiendo - estou comendo”), as formas imperativas de verbos (usadas para dizer a alguém para fazer alguma coisa), o objeto indireto. pronomes ("eu", "te", "le", etc.), além de gramática e vocabulário muito mais indispensáveis.

 

 

Esta etapa é para alunos elementares no nível A1 de acordo com o QECR.

ELEMENTAR

O estágio 3 baseia-se substancialmente no vocabulário que os alunos já adquiriram e também introduz e prática de novas e importantes áreas da gramática no nível A2.

 

 

Estes incluem estruturas comparativas e superlativas, usos adicionais do presente simples, vários tipos diferentes de pronomes e verbos reflexivos.

PRÉ-INTERMEDIÁRIO

O estágio 4 é projetado para alunos que estudam em um nível A2 sólido.

Seu vocabulário é ampliado consideravelmente e eles aprendem a comunicar idéias mais complexas sobre o mundo ao seu redor, incluindo a possibilidade de falar sobre eventos passados ​​e futuros.

 

 

A área desafiadora da reduplicação também é introduzida e amplamente praticada.

No final da Etapa 4, os alunos aprenderam e praticaram todos os requisitos de idioma para um teste de espanhol no nível A2.

INTERMEDIÁRIO

O estágio 5 leva os alunos aos seus estudos B1, apresentando cerca de 400 novas palavras e frases, e dando continuidade ao desenvolvimento de sua destreza gramatical.

 

 

O presente subjuntivo, tão comumente usado em espanhol, é introduzido no início do Estágio 5, e é praticado por toda parte. Formas imperativas positivas e negativas, o passado perfeito e formas de falar sobre o futuro são todas cobertas, assim como “estar” + gerúndio para uso passado e futuro.

INTERMEDIÁRIO

O estágio 6 continua o conteúdo trabalho no estágio anterior e leva os alunos até o final de seus estudos B1. Ao longo do caminho, eles encontram outras 450 novas palavras e frases.

 

No que diz respeito à gramática, o condicional é introduzida logo no início, assim como o subjuntivo imperfeito, permitindo assim que os alunos expressem situações condicionais reais e imaginárias.

 

Mais tarde no estágio, ambas as formas de fala indireta e a voz passiva são cobertas.

O estágio 6 deixa os alunos equipados para usar o espanhol com competência em nível intermediário e enfrentar testes de língua espanhola B1 (como o Diploma de español de nível B1 do DELE) com confiança.